Dicas para pequenos negócios vencerem os desafios do isolamento social

Com a grave situação em que encontra-se a sociedade, resultado da pandemia, as atividades presenciais em estabelecimentos que não oferecem serviços essenciais foram suspensas.

Micro e pequenas empresas precisaram repensar suas estratégias financeiras e de relacionamento com o cliente. Antes da crise, muitos deles não tinham um bom plano de negócio e um marketing digital estruturado, porém diante das dificuldades foi necessária uma postura mais dinâmica.

A gestão financeira precisa apresentar estratégias de diminuição de gastos e novas possibilidades de receita. Já o marketing modela novas estratégias de relacionamento e captação de clientes, também identificando futuras parcerias para o negócio.

Sabe-se que a mudança de comportamento do consumidor é notável. Diante dos medos e inseguranças, precisa-se despertar um sentimento de identificação com o cliente, posicionar-se no mercado, inovar com novas possibilidades e tecnologias, gerar valor ao produto ou serviço. Abusar da criatividade no digital valorizam a empresa, não podendo esquecer dos processos de higiene.

Há uma ênfase maior nas mídias digitais, que são as principais ferramentas aliadas do empreendedor. Elas aproximam a empresa do público alvo, ao interagir com o mesmo em diferentes formatos, já que o cliente está mais tempo online. Importante também oferecer outras formas de pagamento.

Outra questão é além de disponibilizar uma variedade de canais de comunicação, responder rapidamente as mensagens e ter fotos dos produtos para utilizar como vitrine. Devido ao isolamento social muitas pessoas podem não saber sobre a disponibilidade de delivery por exemplo ou se a loja permanece fechada. Por isso importante a comunicação da empresa com o cliente e nesse momento evidenciar mais os bastidores e ações envolvendo a equipe.


Imprimir  

Postagens Relativas